Noronha receberá carros elétricos

Carros elétricos serão expandidosHá dois anos, a cidade do Recife foi pioneira no Brasil ao implantar um sistema de carros elétricos compartilhados. O projeto, batizado de Carro Leve, defendia uma mobilidade sustentável com esse tipo de veículo que, disponibilizado em cinco estações localizadas nos bairros de Santo Amaro, de São José, do Derby e do Recife, além de ser movido a energia elétrica tinha como bandeira o transporte solidário por meio de carona. Porém, de repente, tanto os automóveis quanto os pontos de embarque desapareceram. As informações são da Folha-PE


 O Porto Digital - responsável pela implantação do sistema - e o Governo de Pernambuco, encarregado de coordenar sua continuidade, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco (Semas-PE), explicaram que a fase piloto do projeto foi encerrada e que, a exemplo do compartilhamento de bicicletas - Bike PE -, estão sendo formadas parcerias para a implantação definitiva do sistema. O secretário titular da pasta, Sérgio Xavier, garante que as novidades serão apresentadas ainda este ano. 

"A primeira etapa foi um teste. Foi muito positivo. O sistema funciona, o aplicativo foi um sucesso e os usuários responderam a questões que nos ajudaram no desenvolvimento do projeto", explica o secretário. "Para a implantação da segunda etapa estamos dependendo das empresas fabricantes de carros elétricos.

No momento não posso falar mais, porque essas empresas pediram sigilo", afirma.
Ainda assim, Xavier adianta que a ideia agora é oferecer o serviço em larga escala. Para tanto, o Governo vem negociando parcerias com os Estados americanos da Califórnia e do Havaí e, no próximo mês, deve fechar também com a Alemanha, com várias empresas envolvidas. Assim que tiver início, a nova etapa começará por Fernando de Noronha para depois voltar para a Capital, obedecendo a três prioridades: serviço de táxi, carro elétrico compartilhado e troca de carros particulares por carros elétricos. Entre as vantagens do sistema, o secretário aponta a diminuição de veículos particulares nas cidades. "Paris já tem mais de 10 mil. Para cada carro elétrico compartilhado são tirados sete carros (convencionais) das ruas."

O próprio Xavier, no entanto, ressalva aspectos que surgem como obstáculos nesse processo de transição que, para ele - e alguns países mais desenvolvidos têm mostrado isso -, é irreversível. "Primeiro, não dá para fazer esse projeto se não houver carro elétrico disponível. Também falta uma política e uma estratégia (do Governo Federal) que olhe para esse setor de forma inovadora. Não é um projeto simples, que uma secretaria, um governo estadual vai implantar. Mas Pernambuco está na frente desse processo", avalia.

Correndo atrás

 
Enquanto o uso do carro elétrico no Brasil continua sendo um desejo ou sonho para o futuro, em outros países as metas para sua implantação - e para o banimento dos veículos que utilizam combustíveis poluentes - seguem avançando. Esta semana, por exermplo, começou a valer em Londres uma tarifa extra para motoristas que utilizam automóveis mais poluentes do que o permitido pelo padrão europeu. Circular com esses veículos pela região central da cidade no horário comercial implicará em multa de cerca de R$ 90 por dia. E não é à toa. Estima-se que todo ano mais de nove mil londrinos morram prematuramente por causa da poluição.

Além do Reino Unido, a Noruega, Holanda, França, Alemanha, China e os Estados Unidos lideram a lista de países onde a mudança de realidade é mais visível. Na Noruega, onde a venda de carros com motor unicamente a combustão será proibida a partir de 2025, metade de todos os veículos automotores vendidos este ano já são elétricos ou híbridos. Recentemente, a Shell, uma das gigantes da distribuição de combustíveis, inaugurou seu primeiro posto de carregamento rápido para carros elétricos numa das estações de serviço no Reino Unido.

A montadora sueca Volvo também anunciou que até 2020 só produzirá veículos elétricos ou híbridos. Gesto que são interpretados como uma reação otimista do mercado.

Ao contrapor a realidade desses países com o nosso País é possível se concluir que a estrada é longa, sobretudo, para os brasileiros, contudo, o destino é inevitável.

Folha-PE



Comente

Nome

Artigo Semanal,2,Brasil,2807,Ceará,150,Cedro,1515,Entretenimento,426,Esportes,275,Mundo,691,Pernambuco,2139,Política,46,Sertão,729,Vc no Portal,43,
ltr
item
Portal Cedro : Noronha receberá carros elétricos
Noronha receberá carros elétricos
http://www.folhape.com.br/obj/1/238762,475,80,0,0,475,365,0,0,0,0.jpg
Portal Cedro
http://www.portalcedro.com.br/2017/10/noronha-recebera-carros-eletricos.html
http://www.portalcedro.com.br/
http://www.portalcedro.com.br/
http://www.portalcedro.com.br/2017/10/noronha-recebera-carros-eletricos.html
true
1241677778874062309
UTF-8
Carregado todas as mensagens Não encontrou nenhuma mensagem Ver todos Leia mais Repetir Cancelar resposta Delete Por Capa Páginas Postes Ver todos Recomendado Rótulo Arquivo Pesquisa Todos os Posts Não foram encontrados resultados com a sua mensagem Voltar para casa Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago Mais de 5 semanas atrás Seguidores Siga ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copie todos os códigos Selecione todos os códigos Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar